sexta-feira, 13 de maio de 2016

Desfile de moda chama atenção por performance bizarra

Um desfile de moda polemico e diferente dos demais que acompanhamos ocasionalmente, foi esse do estilista e designer norte-americano Rick Owens, durante a Semana da Moda de Paris em outubro de 2015.
A performance foi inspirada num trabalho do artista australiano Leigh Bowery num desfile de junho de 1994, que também apresentou modelos carregando outras modelos como esculturas vivas. Segundo Owens, ele quis representar a força das mulheres e as ligações entre elas, como elas se apoiam. Nesse desfile ele foi acusado de plágio por um grupo de NY que alegava ter sua coreografia copiada pelo estilista, mas em entrevista ele desmentiu essa acusação, confirmando a referência ao artista australiano.

Para quem não acompanhou a entrevista e a explicação de Rick Owens do significado de seu desfile, a primeira vista pensa estar vendo algo que não tem nada a ver com moda, e tem razão nesse pensamento, pelo simples fato de que um desfile de moda as pessoas procuram por idéias de se vestir, mas não com algo que elas nem conseguem sustentar por muito tempo que é um corpo de outra pessoa pendurada no seu.

Além do mais se ele queria mostrar essa idéia dele sobre a ligação das mulheres, o que não existe, usasse uma tela e pintasse algo parecido, deixando as pessoas por horas ou meses tentando decifrar sua mensagem.





















Fonte: BomblogNews